08 de nov, 2023

Desvendando a indústria cultural

Inscrições

Horário síncrono: 19h30 – 21h30 (Horário de Brasília) 

Datas das aulas: 08/11 22/11 29/11 06/12

Gravação disponível até: 06/01/24

Valor (04 aulas): R$180

Via Google Meet

Este curso oferecerá aos alunos e alunas uma compreensão aprofundada da evolução da Indústria Cultural ao longo do tempo, desde sua conceitualização no período durante e pós-guerra até sua adaptação à era digital, e seu impacto nas questões sociais, econômicas e culturais do século 21.

Sobre os professores

Débora Tavares é mestre e doutora em literatura pela Universidade de São Paulo (FFLCH-USP), onde pesquisou a obra de George Orwell e sua relação com a História. Atua como professora, oferecendo cursos sobre literatura, relações entre arte e sociedade, assim como metodologia de pesquisa. Autora de ensaios nessa área, entre eles o posfácio “A esperança vem do plural” da edição de 1984 publicado pela editora Antofágica.

Caio Rubini é mestre em Pensamento Político e Social (Filosofia) pela University of Sussex (Reino Unido), Historiador e professor de História pela Universidade de São Paulo (FFLCH/FE-USP) e bacharel em Comunicação Social – Jornalismo. Atualmente trabalha como professor, embaixador de pós-graduação na University of Sussex, e pesquisa elementos da história e filosofia do século XX, baseada na Teoria Crítica e Escola de Frankfurt, com ênfase na obra do autor Walter Benjamin.

CRONOGRAMA

Aula 01 (08/11) – A dialética do esclarecimento e Segunda Guerra Mundial

Nossa primeira aula será uma exploração abrangente do cenário que antecedeu a Segunda Guerra Mundial, destacando a crise da modernidade e as complexas transformações socioculturais que a caracterizaram, assim como a ascensão dos regimes nazifascistas dentre esse contexto. Aprofundaremos a análise a partir de conceitos fundamentais da Teoria Crítica, especialmente a obra seminal “Dialética do Esclarecimento” de Theodor Adorno e Max Horkheimer, de 1944. Por fim, pensaremos sobre o profundo impacto da Segunda Guerra Mundial na cultura e na sociedade, explorando as mudanças políticas e filosóficas que se seguiram a esse evento histórico crucial.

Obras analisadas

  • Livro: “Dialética do Esclarecimento” de Theodor Adorno e Max Horkheimer. Este é um texto fundamental que discute a relação entre razão e dominação na sociedade moderna.
  • Documentário “Por que Lutamos” (1942-1945). Esta série de documentários da época da Segunda Guerra Mundial, dirigida por Frank Capra, explora as razões para a entrada dos Estados Unidos na guerra.

Aula 02 (22/11) – A indústria cultural no pós guerra
Na segunda aula, nossa atenção se voltará para a ascensão e consolidação da Indústria Cultural no pós-guerra, em um estudo aprofundado desse período significativo da história. Abordaremos questões que permeiam como a sociedade se organizou e se orientou após os horrores da guerra total, tendo como base análises sobre arte, indústria cultural e mídia diante da reconfiguração socioeconômica à época. Examinaremos criticamente a cultura de massa e seu impacto na configuração da cultura ocidental durante os anos 1950 e 1960. Além disso, poderemos abordar debates sobre a autenticidade cultural em contraposição ao conformismo social, referindo-nos a obras e teorias relevantes que ajudarão a contextualizar tais discussões complexas.

Obras analisadas

  • Livro “A Sociedade do Espetáculo” de Guy Debord. Este livro analisa a sociedade contemporânea e sua relação com o espetáculo.
  • Filme: “A Vida dos Outros” (2006). Um filme alemão que explora a vigilância e o controle estatal na Alemanha Oriental durante a Guerra Fria.

Aula 03 (29/11) – A indústria cultural e neoliberalismo

A terceira aula consistirá em uma análise da relação complexa entre a Indústria Cultural, a crise econômica a partir de 1973, a relação com a Guerra Fria e o início do neoliberalismo, com destaque para análises sobre como a cultura popular e de massa desempenharam papéis centrais na ideologia econômica que predominou no Ocidente a partir da crise econômica dos anos 70. Em uma mão, pensaremos a Indústria Cultural e midiática que ajudou a impulsionar a reconstrução do sistema capitalista; em outra, como os movimentos de resistência responderam a tais impulsos de forma a utilizarem-se de tal Indústria para a conscientização social e política da população. Diante disso, enfatizaremos a crítica sociocultural incisiva em relação ao capitalismo contemporâneo e tardio, explorando as mudanças sociais e econômicas que moldaram a sociedade moderna durante o fim do século XX.

Obras analisadas

  • Quadrinho “V de Vingança” de Alan Moore e David Lloyd. Uma história em quadrinhos que critica o autoritarismo e a manipulação da mídia.
  • Documentário “The Corporation” (2003). Este documentário analisa a natureza das corporações e seu impacto na sociedade.

Aula 04 (06/12) – A indústria cultural e o século 21
Na última aula, mergulharemos nas transformações da Indústria Cultural na era da Internet, das redes sociais às mensagens instantâneas, dos downloads paralelos aos serviços de streaming, de forma a enfatizar como a indústria se adaptou e evoluiu exponencialmente diante da tecnologia massificada dos primeiros decênios do século XXI. Destacaremos seu papel fundamental na formação da cultura contemporânea, assim como do processo psicossocial e político desse cenário, tendo como panorama sócio-histórico os anos que se seguiram à crise econômica de 2008. Além disso, exploraremos a militância, os movimentos sociais, de resistência e contracultura frente às novas dinâmicas de consumo cultural na era digital, demonstrando como a Indústria Cultural continua a desempenhar um papel vital na moldagem do panorama cultural do século 21.

Obras analisadas

  • Documentário “Manufacturing Consent: Noam Chomsky and the Media” (1992). Um documentário que discute a influência dos meios de comunicação de massa na formação da opinião pública.
  • Documentário “The Social Dilemma” (2020). Um documentário que discute os impactos das mídias sociais e da tecnologia na sociedade contemporânea.

BIBLIOGRAFIA

ADORNO, Theodor W. ; HORKHEIMER, Max. Dialética do esclarecimento: fragmentos filosóficos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1985.

_____. Indústria cultural e sociedade. São Paulo: Paz e Terra, 2021. 

ARENDT, H., & ZOHN, H. Illuminations. New York, Harcourt, Brace & World, 1968.

BENJAMIN, Walter. Obras Escolhidas Volume 1 – Magia e Técnica, Arte e Política. São Paulo: Editora Brasiliense, 1996

GAGNEBIN, Jeanne Marie. Teologia e Messianismo no pensamento de Walter Benjamin. Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo, Volume: 13, Issue: 37, 1999. 
HOBSBAWM, Eric. A Era dos Extremos, o Breve Século XX. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.